Porque trilhar este caminho pode vir a ser  importante para quem trabalha com educAção Waldorf



Porque todos os problemas atuais que se manifestam no mundo em nossa volta têm, como ponto de partida, o ser humano desconectado da realidade, ou seja, aquele que estagnou no materialismo. Foi quando, já no decorrer do século XIX, a Ciência Natural que estava a caminho de desenvolver uma percepção verdadeira da realidade, tornou-se, por diversos motivos, Ciência Reducionista (conforme o termo usado pelo físico Fritjof Capra no seu livro O Ponto de Mutação) pela limitação autoimposta de considerar como real apenas a matéria. O cientista austríaco Rudolf Steiner, com a publicação do livro A Filosofia da Liberdade em 1893, superou este impasse, inaugurando, com a metodologia apresentada neste livro, a Ciência Espiritual. Ela investiga as forças criadoras que usam a matéria para compor os fenômenos no mundo em nossa volta, tornando-os assim fisicamente visíveis.
Significa: quem quiser sair da estagnação no materialismo precisa colocar-se a caminho para investigar a realidade passo a passo e descobrir, por conta própria, como ela é resultado da relação viva entre espírito matéria. 

Curso de TransFormação do Educador (desde 2005, programação abaixo) facilita este processo de despertar interior, individual e em grupo. Por isso ele é 
indispensável para aquele que quer trabalhar de verdade com a Pedagogia Waldorf. Porém, como se trata do verdadeiramente novo que vai transformar o aspirante a educador/professor Waldorf em Artista da Educação (termo usado por Rudolf Steiner), são poucos ainda que desenvolvam a coragem de trilhar este caminho e não há nenhuma instituição convencional que vai exigir esta capacitação. Fazer esta caminhada depende somente da ética de cada um que o inspira a viver em verdade.

A consequência desta 
dedicação ao ser será a superação do egoísmo, a fonte de todos os males no social, e o desenvolvimento da verdadeira fraternidade, que tem o seu ponto de partida no coração, onde surge o interesse pelo próximo.

A experiência aqui no RS, desde 2005, mostrou que quando a necessidade objetiva de trilhar este caminho é desconsiderada, o aspirante desalinhado do cerne da proposta, paulatinamente perde a sua força e a sua saúde e os conflitos sociais que surgem, como conseqüência do embate dos egos não trabalhados, são terríveis. Quem sofre principalmente com tal situação desnecessária e profundamente lamentável são as crianças. Sendo que o contrário da negligência, ou seja, 
assumir a sua responsabilidade individual e fazer aquilo que precisa ser feito, traz consigo um constante desabrochar e crescer do potencial de cada um e, na caminhada conjunta, o desenvolvimento das habilidades sociais que tornam a convivência humana uma verdadeira Arte Social, permeada de profunda satisfação, iluminada pela alegria de viver em conjunto. 

Em resumo: porque esta página tem o título educAção Waldorf? Porque superar o materialismo e conseqüentemente o egoísmo é uma batalha interior que somente pode ser vencida por aquele que entra em Ação, se torna ativo. Batalhar em conjunto nesta trilha já equivale à superação da metade do caminho. 




 


É importante conscientizar que participar apenas do Curso de TransFormação do Educador, que se dedica ao ser, não é o suficiente para capacitar-se para esta profissão na base da Ciência Espiritual Antroposófica. Para isto, é preciso complementar a prática regular com os outros cursos disponíveis no RS, os quais introduzem o fazer pedagógico. É preciso participar de todos os cursos para aproximar-se de uma Formação em Pedagogia Waldorf que, infelizmente, ainda não temos disponível no nosso estado.  Por enquanto, o que podemos oferecer é um Processo de Capacitação composto por todos estes diversos cursos. Mas o que precisa ser combinado desde o início é a relação entre dedicação ao ser e introdução ao fazer. 

Veja aqui uma breve relação em números: a Formação Waldorf na Alemanha exige atualmente por volta de 200 semanas de cursos. Quem aproveita todos que temos disponíveis no RS atualmente vai chegar a um número de aproximadamente 43 semanas. É claro que não é possível fazer tudo ao mesmo tempo. Nesse sentido,
os profissionais, ou seja, todos aqueles que têm formação em Pedagogia Waldorf e experiência profissional de algumas décadas, podem dar a orientação necessária para o estudante para que a sua caminhada seja saudável e o fortifique em seu desenvolvimento individual. 

 

 


 

 

Veja agora o texto que está no prospecto que apresenta o primeiro ano do Curso de TransFormação do Educador (CTFE). Para datas do ano, consulte a agenda.

Curso de
TransFormação
do Educador

• introduz a Pedagogia Waldorf
• desperta o artista da educação
• cuida do cuidador

 

Para pais, professores, terapeutas e artistas.

 

 

O que a criança precisa nos primeiros sete anos de sua vida é “a alegria provocada pelo ambiente e, dentro deste, os rostos alegres dos educadores, como um amor antes de tudo sincero, nunca simulado.”
Rudolf Steiner, em A Educação da Criança segundo a Ciência Espiritual

Como podemos hoje, no mundo em que vivemos que é permeado de estresse e ansiedade, encontrar, dentro de nós, esta alegria verdadeira, este amor sincero?

“A Ciência Espiritual Antroposófica existe para que nos compenetremos da importância que possui o fato de o homem influir no mundo não só pelo que faz, mas antes de tudo pelo que é... a diferença principal atuante no ensino decorre da atitude mental do professor em todo o tempo de sua existência, atitude que ele leva para a aula. Um professor que reflete sobre a evolução do ser humano atuará sobre os alunos bem diferentemente do colega que nada sabe a esse respeito e nunca lhe dedica seus pensamentos.”
Rudolf Steiner, em A Arte da Educação I

No Curso de TransFormação do Educador (CTFE) nos dedicamos, em primeiro lugar, ao cuidado com o próprio cuidador.

Seguindo a metodologia da vivência para o conceito buscamos autoconhecimento e praticamos, em conjunto, a nossa autoeducação. Investigamos principalmente: o que significa ser humano? Quem somos nós como humanidade? Quem sou eu como indivíduo? Como posso despertar em mim o artista da educação?

Duração: quatro anos. Programação completa veja no link vida em comunidade.

 

 

 

Programação do primeiro ano:

1° Semestre: 4 módulos em ritmo mensal.

   Buscando uma boa relação consigo mesmo:

1. HARMONIZAÇÃO ANTIESTRESSE I


ritmo mensal: um fim de semana em março / ritmo semanal: 4 aulas
Euritmia: Sobre as causas do estresse. Investigando o caminho do meio. Objetivo: vivenciar o Deus interior no movimento.
Leitura: A Educação da Criança segundo a Ciência Espiritual, Rudolf Steiner (1907)

2. HARMONIZAÇÃO ANTIESTRESSE II


ritmo mensal: um fim de semana em abril / ritmo semanal: 4 aulas
Euritmia: A lei do ritmo, aplicada no dia-a-dia, elimina o estresse. Objetivo: melhorar a qualidade de vida.
Leitura: Economia e Sociedade, Rudolf Steiner (1905/06)

3. A VIVÊNCIA DOS CORPOS SUTIS


ritmo mensal: um fim de semana em maio e um fim de semana em junho / ritmo semanal: 8 aulas
Euritmia: As qualidades terra, água, ar e fogo correspondem à vivência dos nossos quatro corpos: corpo físico, corpo vital, corpo astral, corpo do eu. Objetivo: expandir a consciência.
Estudo: Teosofia, Rudolf Steiner (1904)

4. O RITMO ENTRE VIDA E MORTE / 7 CHAKRAS


ritmo mensal: um fim de semana em julho / ritmo semanal: 4 aulas
Euritmia: O ser humano vive em ondas; encarna e desencarna e assim evolui no curso dos milênios.
As cores do arco-íris têm relação com os 7 chakras. Objetivo: desenvolver confiança na vida.
Estudo: Teosofia, Rudolf Steiner (1904)

 

 

 

2° Semestre: 4 módulos em ritmo mensal.
Buscando uma boa relação com os outros:

5. A VIVÊNCIA DOS 4 TEMPERAMENTOS


ritmo mensal: um fim de semana em agosto e um fim de semana em setembro / ritmo semanal: 8 aulas
Euritmia: Conforme a composição específica dos quatro corpos surgem os quatro temperamentos: melancólico, fleumático, sanguíneo, colérico. Objetivo: entender melhor a si mesmo e os outros.
Estudo: Teosofia, Rudolf Steiner (1904)

6. BIOGRAFIA HUMANA E 4 TEMPERAMENTOS


ritmo mensal: um fim de semana em outubro / ritmo semanal: 4 aulas
Euritmia: Durante a sua biografia o ser humano passa por estágios tingidos por estas quatro qualidades. Objetivo: vivenciar o arquétipo da vida humana.
Estudo: Teosofia, Rudolf Steiner (1904)

7. BIOGRAFIA HUMANA E 5 VOGAIS


ritmo mensal: um fim de semana em novembro / ritmo semanal: 4 aulas
Euritmia: Nas diversas fases da sua vida o ser humano tem vivências que correspondem às qualidades das cinco vogais. Objetivo: vivenciar as forças criadoras do universo.
Estudo: Teosofia, Rudolf Steiner (1904)

8. CONSOANTES E SERES ELEMENTARES


ritmo mensal: um fim de semana em dezembro / ritmo semanal: 4 aulas
Euritmia: As consoantes formam quatro famílias relacionadas aos quatro elementos. São forças criadoras que formam a nossa realidade: "No início era o verbo". Os seres elementares também atuam nestas forças. Objetivo: vivenciar a conexão com os seres da natureza.
Estudo: Teosofia, Rudolf Steiner (1904)

 

 

 

Sobre os livros:


• A Educação da Criança segundo a Ciência Espiritual
Apresenta uma abordagem pedagógica que tem como objetivo possibilitar o desabrochar da natureza divina no ser humano: o bom, belo e verdadeiro.
 Economia e Sociedade
Sobre as raízes da prosperidade. Como criar uma comunidade saudável no mundo de hoje.
• Teosofia
Trata da natureza divina do ser humano e como ela se manifesta.

 

 

 

O que é Euritmia?


Arte de Movimento que visa harmonizar corpo, alma e espírito, relacionando de maneira saudável o nosso pensar, sentir e querer. Surgiu em 1912 na Alemanha como fruto da Ciência Espiritual Antroposófica. Desde então tem se espalhado pelo mundo, sendo vivenciada como uma fonte de vitalidade e bem estar.


 

 

Depoimentos de estudantes:


• ”A Euritmia é o movimento que desvenda a vida e que possibilita acessar a cura interior.”
• “Esta prática regular desfaz o nó interior; capacita para a ação consciente.”
• “Este curso é uma terapia espiritual; dá força para enfrentar o dia a dia.”
• “A Euritmia me centrou, me levou para dentro de mim e eu senti que não precisava buscar lá fora o que já está dentro de mim.”

 

 

 

Este curso é para quem?


Para quem deseja tornar-se um artista da educação – em sala de aula com os seus alunos, em casa com os seus filhos ou na vida consigo mesmo! Direciona-se àqueles com genuíno interesse pelo ser humano e àqueles que querem tornar a vida neste planeta uma vivência rica e prazerosa.


 

Docente-facilitadora:


Margrethe Skou Larsen, formada em Euritmia em Hamburg (1989) e em Pedagogia Waldorf em Stuttgart, Alemanha (1994). Pós-graduação em Euritmia em New York, EUA. Professora de Euritmia na Freie Waldorfschule Bremen (1989 – 1997) e docente na Formação de Euritmia em Hamburg, Alemanha. Trabalho artístico na Europa e nos EUA. Desde 1998 trabalha como profissional liberal dando cursos nos EUA, Brasil e Europa. Vive em Porto Alegre desde 2000, onde criou o Espaço Vivo, um espaço artístico para conhecer e estudar Antroposofia através da vivência. 

Espaço Vivo - Euritmia Viva

Endereço: Rua Castro Alves, 167 - sala 101
(Quase esquina com Ramiro Barcelos)
 Independência - Porto Alegre

  • Facebook Clean Grey

© 2019 por Aline Pereira de Barros. Orgulhosamente criado com Wix.com

Tel: 051-99656-3531