qual é a função do dinheiro?


O ser humano adulto, se deseja relacionar-se de maneira saudável com o seu próximo, deve fazer isto na base da troca. Quem recebe dá, quem dá recebe. O dinheiro é nada mais do que um facilitador de trocas. Serve para flexibilizar e neutralizar as possibilidades de troca.

Pela Ciência Espiritual Antroposófica o dinheiro é considerado o sangue da sociedade. Deve fluir entre as pessoas levando assim prosperidade para toda a comunidade humana.

Através da remuneração você valoriza o trabalho do outro. É manifestação de respeito por aquilo que o outro lhe dá e é também manifestação de sua própria vontade: quanto você realmente deseja aquilo que o outro está lhe oferecendo? Quanto você está disposto a oferecer de suas habilidades para beneficiar-se das habilidades do outro?

A remuneração adequada é uma questão de equilíbrio. Pois quando um dá mais do que o outro surge dependência cármica. O menos generoso torna-se espiritualmente dependente do mais generoso e isto dificulta a parceria que seria a situação adequada entre dois adultos saudáveis.

Crianças e idosos devem receber de presente o que o adulto tem para lhes oferecer. Os adultos que são responsáveis por eles devem financiar o que eles recebem de outros, pois a criança recém está chegando na Terra; precisa primeiro desenvolver as suas habilidades para que possa oferecer para a sociedade o que tem de mais precioso. E o idoso já fez a sua parte. Se ele aproveitou bem a sua vida, tornou-se um ser sábio cuja mera presença em uma comunidade humana já representa uma benção para todos os presentes.

 

Espaço Vivo - Euritmia Viva

Endereço: Rua Castro Alves, 167 - sala 101
(Quase esquina com Ramiro Barcelos)
 Independência - Porto Alegre

  • Facebook Clean Grey

© 2019 por Aline Pereira de Barros. Orgulhosamente criado com Wix.com

Tel: 051-99656-3531