pensar com o coração

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tudo no mundo está conectado. Os antigos ensinamentos, principalmente do oriente, transmitem este fato. Porém, o nosso pensar lógico, que surgiu no berço da cultura ocidental, não é capaz de perceber esta realidade e nos passa a ilusão do separado. Como ele serve como base para a ciência atual, temos então, conforme Fritjof Capra, uma ciência reducionista, e percebemos que o estilo de vida que ela propõe é na realidade um estilo de vida mortal.

Mesmo assim o pensar lógico, com sua qualidade linear, trouxe clareza e ordem para o universo científico e assim desempenha um papel importante na evolução da humanidade. Se reconhecemos a sua importância como uma capacidade transitória e preparatória para uma verdadeira ciência integrada, podemos descobrir a possibilidade de desenvolver este pensar além de seus limites atuais. Surge assim o pensar supra-lógico que é um pensar em ondas e capaz de entender cientificamente a realidade em todos os seus aspectos; esta realidade conectada que nossos antepassados, de outra maneira, já conseguiam perceber.

Hoje, qualquer pessoa com disposição para o novo, pode desenvolver o pensar em ondas dentro de si, através de prática regular.

No curso vamos aprender: COMO.
 

 

.

 


Curso introdutório:
Pensar com o Coração
Em junho, a pedido.


O pensar lógico não capta a realidade,
pois permanece dentro dos limites do dualismo.
É possível superar estes limites e colocar o nosso pensar em movimento?
No curso vamos vivenciar um caminho que pode transformar:
o nosso pensar linear em um pensar em ondas.


 

 

Palestra introdutória:
Pensar Lógico e Pensar Supralógico na História da Humanidade 


 

Aula 1:
Quatro Reinos - Quatro Qualidades

 

Aula 2:
Metamorfose

 

Aula 3:
Criação em Conjunto

 

Aula 4:
Trabalho com o texto:
Prefácio 1918 da Filosofia da Liberdade de Rudolf Steiner

 

Aula 5:
Prática regular

 

Aula 6:
Consequências para a vida


(Cada aula tem duração de duas horas.)
 

 

 

Este curso é para quem?
Profissionais de todas as áreas, professores Waldorf principalmente (veja texto abaixo: Rudolf Steiner sobre o Pensar do Coração). A prática do pensar em ondas traz inspiração e vida nova para o dia-a-dia. Idade mínima para participar do curso: 16 anos.

 



Ministrante:
Margrethe Skou Larsen nasceu em Porto Alegre, foi educada na Áustria, estudou Pedagogia Waldorf em Stuttgart e Euritmia em Hamburg, onde se formou em 1989. De 1989 até 1997 lecionou Euritmia na Freie Waldorfschule Bremen, Alemanha e foi membro do grupo de palco Eurythmeum Temporale Kiel, Alemanha. Em 1996 estudou Pensar do Coração (Heart-Thinking) com Florin Lowndes* em Stuttgart e em 1997/98 com Mark Riccio** em New York, quando fez o curso de pós-graduação na School of Eurythmy Spring Valley, New York. Desde 1998 ministrou inúmeros cursos de introdução ao Pensar do Coração nos EUA, no Brasil e na Europa. Desde 2000 vive em Porto Alegre onde criou o Espaço Vivo, um espaço artístico para conhecer e estudar a Ciência Espiritual Antroposófica através da vivência.



*Florin Lowndes: Das Erwecken des Herzdenkens (O Despertar do Pensar do Coração, ainda sem tradução para o português), 1998, Verlag Freies Geistesleben. Mais informações no site: www.heartthink.com
**Mark Riccio Ed.D: tese de doutorado na Columbia University New York, 1999: An Outline for a Renewal of Waldorf Education, Rudolf Steiner's Method of Heart-Thinking and It's Central Role in the Waldorf School (Um Perfil para uma Renovação da Educação Waldorf, o Método do Pensar do Coração de Rudolf Steiner e seu Papel Central na Escola Waldorf, ainda sem tradução para o português). Mais informações, veja no seu site.


Número máximo de participantes: 16 pessoas (depende do tamanho da sala disponível). No Espaço Vivo: 6 pessoas.

Se o curso é dado em outros lugares os gastos de viagem e hospedagem da ministrante são rateados entre os participantes do curso. Quem organiza o curso pode participar sem contribuir em dinheiro. 

Inscrição com Aline: (51) 9.9656.3591
Perguntas? Falar com Margrethe (51) 3222.3792, durante a semana entre 21h e 23h.


 

.

 

 

 

Por quê pensar com o coração
pode ser importante para o professor Waldorf?


Rudolf Steiner, o fundador da Ciência Espiritual Antroposófica, no Curso Pedagógico para a Juventude

(Pädagogischer Jugendkurs, Stuttgart, 12/10/1923, GA 217) sobre o Pensar do Coração:
 

 

"Isto porém, meus caros amigos, é uma atividade que na verdade tem por alvo cognição num sentido muito mais profundo do que o conhecimento exterior da natureza, e que ao mesmo tempo é artística, bem idêntica à atividade artística. No momento em que o pensar puro é vivenciado como vontade (querer), o ser humano se encontra em disposição artística. E é também desta disposição artística que o pedagogo hoje em dia precisa para guiar a mocidade desde a mudança da dentição até o amadurecimento sexual, ou até mesmo além.
...
Este corpo vital não pode ser visto externamente. Ele deve ser vivenciado internamente; é necessário para reconhece-lo ser desenvolvida uma espécie de atividade artística. Daí aquela atmosfera na Filosofia da Liberdade - a maioria das pessoas não a descobre - que por toda a parte bate no elemento artístico. A maioria das pessoas não percebe isto, porque elas procuram o artístico no trivial, no natural e não na atividade livre. Mas somente a partir desta atividade livre é que se pode vivenciar a pedagogia como arte e o professor pode deste modo se tornar um artista pedagógico, porque ele se coloca nesta atmosfera. Então todo o ensino nesta época da alma da consciência é verdadeiramente fundamentado em criar uma atmosfera artística entre as pessoas que são guiadas (os alunos) e as que guiam (os professores). E dentro dos limites desta atmosfera artística pode se formar aquela relação do guiado para com o guia, que é um encostar-se, um inclinar-se porque se reconhece: este é capaz de algo que ele pode mostrar artisticamente e o que ele pode - isto sente-se - a gente também gostaria de poder".
Tradução: Perly Skou Larsen


 

 

Porque eu, Margrethe, dou este curso desde 1998:
 

Em 1996, quando eu ainda lecionava na Escola Waldorf em Bremen, Alemanha, eu dei os meus primeiros passos na prática regular com a Filosofia da Liberdade de Rudolf Steiner, com o objetivo de aprender a pensar com o coração. Já depois de poucos meses de prática diária, percebi uma reação positiva dos meus alunos em relação às minhas aulas de euritmia. A atmosfera se tornou cada vez mais artística, calorosa, produtiva e amigável e os alunos manifestaram um comportamento parecido com aquele descrito por Rudof Steiner acima. Fiquei muito impressionada com esta vivência e desde então estou disposta a mostrar este caminho para quem tiver interesse, principalmente para aqueles que trabalham na educação.


 

Sobre a tradução dos livros de Rudolf Steiner:


Rudolf Steiner pensava com o coração. O seu pensar vivo é perceptível nas ondas da composição dos seus livros, principalmente na Filosofia da Liberdade. Este estilo não linear ele chamava de estilo espiritual científico (geisteswissenschaftlicher Stil), e normalmente, o mesmo se perde nas traduções para outras línguas, infelizmente.

 

Para o pensar em ondas Rudolf Steiner deu muitos nomes diferentes, como por exemplo:
pensar solar,
pensar rítmico,
linguagem do Cristo
e muitos outros.

Espaço Vivo - Euritmia Viva

Endereço: Rua Castro Alves, 167 - sala 101
(Quase esquina com Ramiro Barcelos)
 Independência - Porto Alegre

  • Facebook Clean Grey

© 2019 por Aline Pereira de Barros. Orgulhosamente criado com Wix.com

Tel: 051-99656-3531